frontpage hit counter

BLOG DE ENTRETENIMENTO, FICÇÃO, REFLEXÃO E O QUE MAIS ADIANTE PODERÁ SER VISTO E LIDO (QUEM TIVER PACIÊNCIA...)
Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010
Cai neve em Portugal...

Estrada intransitável por causa da neve...

 

Com dois centímetros de neve o país para. Nem escolas, nem transportes, nada funciona. Aparecem logo os da Protecção Civil, os bombeiros e outras autoridades cada um deles a explicar que a situação é grave... No resto da Europa, principalmente naqueles países lá bem para o Norte, tipo Alemanha, Suécia, Polónia, etc., mesmo com um metro ou dois de neve a vida continua. Os meninos vão para a escola, as pessoas para o trabalho, os transportes cumprem o seu serviço, etc..

Um casal de reformados alemães em visita a Portugal, fartou-se de rir com as aberturas dos telejornais portugueses e com as notícias (que lhes iam traduzindo) sobre o cancelamento de aulas e o encerramento de escolas. Não queriam acreditar. Pensaram que estavam a ser observados para um programa de "Apanhados"... Depois perguntaram se estavam a gozar com eles... Foi difícil fazê-los acreditar que as pessoas da televisão estavam mesmo a dizer aquilo que lhes estava a ser traduzido! No final (ainda desconfiados) perguntaram: «Então vocês por causa de uns caganitos de neve, param de trabalhar?»...

O pior foi que um ex-emigrante na Alemanha, que sabe falar alemão, ouviu o herr velhote murmurar para a frau velhota (em alemão, claro): «Agora é que eu estou a ver porque é que estes gajos estão sempre em crise.  Param de trabalhar por tudo e por nada, vivem de dinheiro emprestado e ainda se queixam dos juros... Vamos mas é embora, "mein liebe", antes que nos venham pedir dinheiro a nós...»



publicado por Rui Jam às 21:32
link do post | comentar

1 comentário:
De José Lelo a 3 de Dezembro de 2010 às 09:28
Foi bom os germanos terem dado às de vila diogo.
Por causa desses f da p e por causa destes socretinos é que nós estamos onde estamos..
Desengana-te o povo trabalha mesmo no duro, debaiso de chuva e debaixo de neve.
A vida pára pela incompetência dos administradores que ganham rios de dinheiro e nada fazem e nada sabem fazer.
São uns petulantes


Comentar post

pesquisar
 
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Enviar um e-mail ao autor
Contador de Visitantes
free web counter
web counter
Visitantes:
arquivos

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

posts recentes

Nova cidade siberiana: An...

Gratidão canina...

Avenida Álvaro Cunhal...

A frase do Ano (para maio...

Lista de quase todas as F...

Já era altura de perceber...

"Zé Brasileiro" português...

A Secretária de Estado, o...

Regresso às Lides!...

Uma comparação... mal "ac...

A história repete-se...

123º Aniversário do nasci...

Sócrates docente na Unive...

Lá vai o relvado de Alval...

Não usem headphones na pr...

Kadhafi pode ser tetranet...

Louçã (ou Santana Lopes) ...

Castelo de Guimaraes incl...

Avião angolano deixa cair...

Cai neve em Portugal...

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
RSS